23 maio

A importância do designer no meio empresarial

Mesmo sendo vetada a regulamentação da profissão de designer no Brasil, o mercado carece de profissionais qualificados na área de criação e desenvolvimento

Designer segurando fotografia impressa em frente à tela do computador

 

Hoje o meio empresarial carece muito de profissionais qualificados na área de criação e desenvolvimento de produtos e marcas inovadoras. O mercado de trabalho tem aberto as portas para os designers, pois eles são peças chave para a criação e a inovação que as empresas necessitam. Pode-se observar que as maiores empresas – não somente do Brasil, mas em todo o mundo – investem muito na área visual e na criatividade de novos rótulos e projetos inovadores.

Atualmente, a profissão de designer no Brasil não foi regulamentada pelo governo. Ainda assim, a procura por profissionais qualificados não é pouca. Pode-se dizer que ser um designer hoje é um privilégio. Como a profissão de designer não é regulamentada, muitos profissionais bem qualificados acabam perdendo seus espaços para pessoas que atuam nessa área para fazer um dinheiro extra, e que por sua vez não produzem algo de grande qualidade. No meio dos designers, eles são os famosos “sobrinhos”, que fazem o trabalho por um preço menor que um profissional qualificado, porém de pouca qualidade para o mercado.

As mídias sociais tornam-se a cada dia mais influentes para divulgação de marcas e venda de produtos e serviços. Com isso, para ter algo que atraia e influencie as pessoas, deve-se sempre pensar em idéias criativas, inovações para produtos e divulgação. É nesse momento que entram os designers. Eles estão prontos para projetar novas ideias que façam as pessoas serem atraídas por sua criatividade e por seu trabalho único. A qualidade nas peças de mídia e gráficas é extremamente importante para uma empresa que deseja tornar-se bem sucedida.

 

Foto de rosto de Matheus BaldochiMatheus Baldochi

Estudante de Design Gráfico no Centro Universitário Barão de Mauá, encontrou na fotografia e na música as referências que sempre buscou. Às vezes se arrisca a escrever canções e a fotografar com a alma. É um cristão louco de vontade de se tornar cada vez mais louco por Jesus.

Este artigo é de responsabilidade de seu autor e não reflete a opinião do veículo.

02 maio

A internet é incompetente. E a culpa é de quem?

Todos os dedos estão apontados para a internet e para as redes sociais como propagadores de conteúdo ordinário. Mas quem está por trás desses compartilhamentos?

A necessidade de se comunicar, compartilhar, ver e ser visto é uma realidade vivida por muitos hoje em dia. Fotos, vídeo, pensamentos e entretenimento compõe a rotina da maioria das pessoas que estão ligadas a todo momento, recebendo e dividindo conhecimento. Mas, não raro, sua timeline é invadida por virais e notícias que sugerem algum extremismo como “A Copa do Mundo no Brasil foi vendida em um acordo bilionário”, ainda que a Alemanha tenha feito uma campanha excepcional na competição.

Leia mais

Logotipo vertical Degêcast

Inscreva-se em nossa newsletter

Cadastre-se em nossa lista de e-mails para receber notícias, dicas e atualizações semanais sobre design, comunicação e tecnologia.

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso! Obrigado por assinar nossa newsletter! :-)

Powered by