23 jun

Redes Sociais – os pros e contras de seu uso

Benéficos e maléficos que as redes sociais trazem

Imagens dos ícones que representam as redes sociais mais utilizadas, respectivamente o Facebook, um quadrado com a letra F no centro, YouTube, um quadrado com um triângulo no centro, Tik Tok, um quadrado com a letra T personalizada, Instagram, um quadrado com um desenho de uma câmera no centro e Twitter, um quadrado com um pássaro no centro

As redes sociais servem para criar conexões entre pessoas e organizações que possuem os mesmos interesses e interagem entre si. As redes sociais não são necessariamente digitais. Um grupo de amigos da faculdade, trabalho ou a família também podem ser considerados um tipo de rede social, porém vamos focar nas redes digitais.

Um grupo de amigos da faculdade, trabalho ou a família também pode ser considerado uma rede social, porém vamos focar nas redes digitais.

Sua influência em nossas vidas é grande. Obvio por tudo e todos estarem conectados a alguma rede social. Atualmente cerca 3,8 bilhões de pessoas estão conectados virtualmente. A principal função das redes sociais é conectar as pessoas por meio digital.

Não há duvidas que as redes sociais servem para nos aproximar de pessoas que estão longe, por outro lado, porém afasta as pessoas que estão por perto, como pais e filhos. Além de trazer outros riscos aos jovens.

A ansiedade entre jovens está aumentando, e alguns estudo apontam que o uso excessivo das redes sociais (digitais) é um dos fatores que causam isso.

Um estudo publicado no Canadian Journal of Psychiatry, diz que muito tempo de uso das redes sociais está relacionado com o aumento da ansiedade em jovens.

A pesquisa acompanhou mais de 3800 voluntários entre 12 e 16 anos por quatro anos, que usavam frequentemente o uso de celular, computador, videogame. O estudo mostrou, que quando aumentavam o uso em uma hora os sintomas de ansiedade (como tensão, coração acelerado).

Um dos motivos para isso acontecer, é o comparativo que fazem de suas vidas, se sua aparência física ou de seus bens materiais com o de outras pessoas. Acabam tendo a ilusão de que a vida de outras pessoas é melhor, mais feliz, pessoa é mais bonita ou tem um carro do ano.

Essa análise observou o comportamento ano a ano e foi percebido que a redução está associada com menos tensão.

O uso moderado é a melhor solução para uma vida mais saudável.

Para mais informações leia também esse artigo.

Artigo escrito por: Carlos Eduardo Campos Cardoso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logotipo vertical Degêcast

Inscreva-se em nossa newsletter

Cadastre-se em nossa lista de e-mails para receber notícias, dicas e atualizações semanais sobre design, comunicação e tecnologia.

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso! Obrigado por assinar nossa newsletter! :-)

Powered by