21 maio

Design Gráfico e o mercado de trabalho

O profissional e sua atuação no mercado de trabalho

Computador com as hashtags: design. arte e designer.
Lâmpada que representa ideias e criatividade na carreira.
Design Gráfico – arte e criatividade

Design Gráfico, pode-se definir esta palavra por criação e arte, onde os especialistas são caracterizados por serem criativos e inovadores, mantendo sempre a relação ente o ser humano e a informação.

A profissão consiste em profissionais com foco em criar projetos de comunicação visual, desenvolvimento de produtos, logotipos, materiais visuais, outdoor, páginas da internet, meios de interação e informação, entre outros, sabendo que os mesmos dependem da tecnologia, principalmente para o manuseio de ferramentas para criar e desenvolver projetos.

Um bom designer gráfico é aquele que se mantém atento a atualidades, que possui senso crítico, que esteja por dentro das tendências do setor e desenvolvendo o senso estético, ou seja, a capacidade de julgar, raciocinar, apreciar e decidir o que é belo e agradável aos sentidos humanos. Para isso, pesquisas sobres novas tecnologias e formas de comunicação são primordiais. O que se exige do profissional é organização, disciplina e comprometimento, para que o mesmo consiga gerenciar seus planos.

O mercado de trabalho torna-se muito extenso diante da variedade de áreas que um designer gráfico pode seguir. Agências de publicidade, editoras, departamentos de arte de empresas de comunicação, escritórios e estúdios de design, emissoras de TV, gráficas, produtoras de vídeos, empresas cinematográficas, entre outras, buscam profissionais para suprir as atividades de mídias e áreas correlatas afim de fortalecerem suas marcas. Tendo em conta que muitos destes também atuam como profissionais autônomos, estruturando seu próprio negócio.

A execução do trabalho de um designer gráfico, vai além desses clichês comumente associados à profissão. “Um bom projeto de design é multimídia por si só. Tenho de prever a presença dele em uma papelaria tradicional, site, na porta de um automóvel, em embalagens. Se for para construir uma marca, ele deve atuar de forma eficaz em todo esse processo”, afirma Carlos Perrone , designer gráfico e coordenador no curso de Design Gráfico da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP). Por definição, o designer gráfico é o grande responsável por um projeto que será reproduzido em escala e em plataforma multimídia.

Seguindo o artigo, você leitor, obteve maior conhecimento sobre o mercado de trabalho no design gráfico, comente aqui sua experiência com o artigo.

Eduardo Porfírio (19 anos) – Estudante de Design Gráfico no Centro Universitário Barão de Mauá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Logotipo vertical Degêcast

Inscreva-se em nossa newsletter

Cadastre-se em nossa lista de e-mails para receber notícias, dicas e atualizações semanais sobre design, comunicação e tecnologia.

Seu e-mail foi cadastrado com sucesso! Obrigado por assinar nossa newsletter! :-)

Powered by